domingo, 27 de maio de 2018

“Mulheres na competição/Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa”

Fiona Hunter-Johnston confirma triunfo em Gouveia

Por: José Carlos Gomes

A britânica Fiona Hunter-Johnston (Fusion Velo Performance) conquistou hoje, em Gouveia, a Taça de Portugal Jogos Santa Casa na categoria de elite. A estoniana Maaris Meier (Maiatos/Reabnorte) venceu a última prova pontuável.

Os 68,4 quilómetros da corrida de elite foram palco de uma demonstração da versátil Maaris Meier. A corredora que compete em todas as disciplinas de BTT, do XCO ao enduro, mostrou que na estrada também sabe ganhar. Maaris Meier cortou a meta isolada, com 7 segundos de vantagem sobre a campeã nacional de fundo, Celina Carpinteiro (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ). A terceira, a 12 segundos, foi a colombiana Jenyffer Puentes (Efapel/Escola de Ovar).

A luta pela geral de elite travou-se entre a portuguesa Maria Martins (Sopela Women’s Team) e a britânica Fiona Hunter-Johnston. A lusa foi a quarta a passar a meta, um lugar diante da rival. Feitas as contas, Fiona Hunter-Johnston sucedeu a Maaris Meier como vencedora da Taça de Portugal Jogos Santa Casa, concluindo a competição com 140 pontos, mais 15 do que Maria Martins e mais 55 do que Soraia Silva (Sopela Women’s Team), que a acompanharam no pódio da geral.

Raquel Queirós (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão) foi claramente mais forte ao cabo dos 48,6 quilómetros da corrida de juniores, passando a meta com 6m17s de vantagem sobre a segunda classificada, Joana Vinagre (Bairrada). A terceira, a 12m33s, foi Joana Pereira (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ). A geral foi ganha por Joana Vinagre, seguida por Joana Pereira e por Nádia Henrique (Mato Cheirinhos/Vila Galé/Etopi).

Beatriz Pereira (Bairrada) venceu os 32,4 quilómetros da corrida de cadetes, destacando-se da concorrência. A segunda classificada, a 25 segundos, foi Rafaela Ramalho (Maiatos/Reabnorte) e a terceira, a 4m14s, foi Beatriz Roxo (Maiatos/Reabnorte). A vitória em Gouveia deu a Taça de Portugal a Beatriz Pereira, com 170 pontos, seguindo-se Beatriz Roxo, com 135. Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ) começou a jornada no topo da tabela, mas problemas de saúde impediram-na de alinhar, acabando por fechar a Taça no terceiro lugar da geral, com 120 pontos.

Nas categorias de veteranas, Raquel Marques (Maiatos/Reabnorte) foi a melhor master 30 em Gouveia, mas a Taça foi conquistada por Rita Reis (Mato Cheirinhos/Vila Galé/Etopi), Ana Neves (Bike & Nutrition Shop) venceu a corrida e a geral de master 40, enquanto Cláudia Ribeiro (Maiatos/Reabnorte) foi a única master 50 a competir na Taça de Portugal.

A equipa Maiatos/Reabnorte foi a mais forte em Gouveia e triunfou na geral coletiva da Taça de Portugal Jogos Santa Casa.

Fonte: FPC

domingo, 6 de maio de 2018

“Mulheres na competição/Equipa Portugal/Daniela Campos invicta na Taça de Espanha”

Por: José Carlos Gomes

Daniela Campos, ao serviço da Equipa Portugal, venceu hoje, em Valle de Mena, a segunda etapa consecutiva da Taça de Espanha Cofidis de ciclismo de estrada na categoria de cadetes.

Depois de se impor em solitário na prova de sábado, no País Basco, Daniela Campos foi a mais rápida na corrida de domingo, que terminou com uma discussão ao sprint entre um grupo restrito de atletas.

A prova de Burgos disputou-se em circuito e a Equipa Portugal trabalhou coletivamente para o triunfo individual de Daniela Campos. Na última volta, as corredoras portuguesas fizeram sucessivos ataques, desgastando as formações adversárias, de modo a que a decisão acabasse por acontecer num mano a mano entre a algarvia e as melhores espanholas.

Daniela Campos rematou da melhor forma o labor coletivo, impondo-se ao sprint. A segunda classificada foi Eva Anguela e a terceira foi Claudia San Justo.

Rafaela Ramalho foi a nona classificada, com o mesmo tempo da vendedora. Beatriz Pereira foi 20.ª, a 18 segundos. A 50 segundos chegaram Beatriz Martins, 22.ª, e Beatriz Roxo, 43.ª. Joana Alves não terminou. 


Maria Martins brilha na China

Ainda no ciclismo feminino, mas na categoria de elite, este domingo fica marcado pelo segundo lugar de Maria Martins (Sopela Women’s Team) na primeira etapa da Panorama Guizhou International, ganha pela espanhola Sheyla Gutiérrez (Cylance Pro Cycling), que se converteu na primeira comandante desta prova internacional chinesa.

Fonte: FPC

sábado, 5 de maio de 2018

“Mulheres na competição/Equipa Portugal/Daniela Campos ganha com autoridade”

Por: José Carlos Gomes

Daniela Campos venceu hoje a prova de cadetes da etapa da Taça de Espanha Cofidis de ciclismo de estrada, disputada em Balmaseda, País Basco. A corredora algarvia finalizou com autoridade o trabalho da Equipa Portugal.

A Equipa Portugal encarou os 41,8 quilómetros da prova de cadetes com ambição de lutar pela vitória. Por isso, funcionou em coletivo, na primeira metade da corrida, anulando as várias movimentações.

Quando se deu o primeiro ataque mais forte, de seis corredoras, Daniela Campos integrou a fuga. O sexteto foi ganhando vantagem, mas a ciclista nacional não desistiu de se isolar. Aproveitando uma subida, a cinco quilómetros do fim, a algarvia reduziu a frente de corrida a três elementos. E nova dificuldade orográfica, a dois quilómetros da meta, Daniela Campos deu o golpe de misericórdia, destacando-se para um triunfo em solitário.

A corredora da Equipa Portugal cruzou a meta ao fim de 1h13m30s de corrida, menos 38 segundos do que as perseguidoras mais diretas, Maria Garau e Eva Anguela, segunda e terceira, respetivamente.

Apesar do esforço coletivo, a Equipa Portugal colocou mais duas corredoras entre as dez mais, Beatriz Pereira foi nona e Rafael Ramalho foi décima, ambas a 3m41s da compatriota. Beatriz Roxo foi 32.ª, a 6m44s.

A Equipa Portugal compete, na manhã de domingo, em mais uma jornada da Taça de Espanha feminina. Será em Valle de Mena, província de Burgos.

Fonte: FPC

terça-feira, 1 de maio de 2018

“Mulheres na competição/Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa”

Soraia Silva vence em Vila Chá de Ourique

Britânica Fiona Hunter-Johnston mantém-se no comando da Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa

Soraia Silva foi a principal vencedora da terceira prova da Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa ao vencer o 33.º Circuito de Vila Chã de Ourique. O principal troféu de regularidade do ciclismo feminino português levou aquela Freguesia do Cartaxo as principais intérpretes do pelotão nacional numa corrida bem disputada e a alta velocidade que terminou com a discussão adiada até ao último metro. No termo das 20 voltas, totalizando 33 quilómetros, Soraia Silva foi a mais forte do sprint adiantando-se à britânica Fiona Hunter-Johnston (Fusion Velo Performance) e a Liliana Jesus (BTT Seia), respetivamente segunda e terceira classificadas.

O triunfo da cantanhedense Soraia Silva, com as cores da equipa espanhola Sopela Team, permitiu-lhe somar 50 pontos no ranking da categoria Elite da Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa que permanece solidamente sob o comando de Fiona Hunter-Johnston, vencedora das duas provas inaugurais do troféu disputadas no Algarve. Apesar da consolidada vantagem sobre Soraia Silva - é segunda, com 68 pontos - e sobre os 65 pontos da sua colega de equipa Emily Meakin as decisões quanto à geral da Taça só ficarão conhecidas nas restantes duas corridas, a 26 e 27 de maio.

Na corrida júnior, a algarvia Joana Pereira (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ) antecipou-se em 13 segundos à rival Joana Vinagre (Bairrada), com a terceira classificada, Raquel Rodrigues (ACD Milharado) já distanciada, a 1m23s. No ranking júnior da Taça de Portugal Feminina, Joana Pereira lidera com 120 pontos contra os 110 pontos de Joana Vinagre. Nádia Henriques (Mato-Cheirinhos/Vila Galé/Etopi) é terceira classificada com 65 pontos.

O 33º Circuito de Vila Chã de Ourique permitiu ainda a atletas de outras categorias somarem pontos. Nas cadetes, Beatriz Roxo (Maiatos / Reabnorte) foi a mais forte finda as 15 voltas. No ranking nacional a vencedora em Ourique é apenas a terceira classificada atrás de Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ) e Beatriz Pereira (Bairrada). Na categoria Masters da Taça de Portugal Jogos Santa Casa, as vencedoras foram Rita Reis (Mato-Cheirinhos/Vila Galé/Etopi), na categoria Masters 30, e Ana Neves (Bike & nutrition shop) em Masters 40.


 

Fonte: FPC

sábado, 28 de abril de 2018

“Mulheres na competição/VOLTA A CHONGMING: DANIELA REIS TERMINA NO 25.º LUGAR”

Após ter sido 31.ª na terceira e última etapa

Por: Lusa

A portuguesa Daniela Reis (Doltcini-Van Eyck Sport) terminou este sábado a Volta a Chongming na 25.ª posição da classificação geral final, após ter sido 31.ª na terceira e última etapa.

A alemã Charlotte Becker (Hitec Products) confirmou a vitória final no último dia da prova, numa etapa de 126,5 quilómetros conquistada pela holandesa Kirsten Wild (Wiggle High5), ao fim de 3:03.50 horas.

Daniela Reis acabou com o mesmo tempo da vencedora do último dia, e fechou a geral no 25.º posto, a 1.25 minutos de Becker, na prova WorldTour de três etapas, disputada na ilha chinesa de Chongming.

Fonte: Record on-line

domingo, 8 de abril de 2018

“Mulheres no cicloturismo…Apenas duas, mas valeram por muitas”

Texto e foto: José Morais

É já normal hoje em dia ver muitos elementos femininos a pedalarem, cada vez existem mais equipas a terem elementos femininos a pedalar, algo que se vi pouco há alguns anos.

Hoje no Penteado estiveram em menor presença, mas não quisemos de deixar de registar estas duas presenças, a Carla e a Lina, que por coincidência as suas terras começam por “P”, o Penteado e Pombal, as duas merecem este miminho, e merecem destaque neste espaço, o Pedal Feminino.  

domingo, 1 de abril de 2018

“MULHERES NA COMPETIÇÂO/ANNA VAN DER BREGGEN VENCE VOLTA À FLANDRES FEMININA”

Daniela Reis foi 29.ª

Por: Lusa

A portuguesa Daniela Reis (Doltcini-Van Eyck Sports) foi este domingo 29.ª na Volta à Flandres, tendo a holandesa Anna van der Breggen (Boels Dolmans Cyclingteam) vencido a corrida belga.

Anna van der Breggen cumpriu os 151 quilómetros da prova em 4:08.06 horas, cortando a meta isolada e com 1.08 minutos de vantagem para um grupo de oito corredoras, no qual se destacaram outras duas holandesas, Amy Pieters (Boels Dolmans Cyclingteam) e Annemiek van Vleuten (Mitchelton-Scott Women), segunda e terceira classificadas, respetivamente.

Daniela Reis cortou a meta no 29.º posto, a 1.52 minutos da vencedora.

Fonte: Record on-line

domingo, 25 de março de 2018

“MULHERES NA COMPETIÇÃO: VANESSA FERNANDES 17.ª NA NOVA ZELÂNDIA”

Prova da Taça do Mundo

Por: Lusa

Vanessa Fernandes foi esta noite 17.ª classificada na Taça do Mundo de New Plymouth, na Nova Zelândia, na distância sprint, com o tempo de 1:06.00 horas.

A vice-campeã olímpica em Pequim’2008 ficou a 2.39 minutos da vencedora, a norte-americana Kirsten Kasper. O pódio completou-se com a neozelandesa Nicole Van Der Kaay e a belga Claire Michel.

Fonte: Record on-line

“Mulheres na competição: Taça de Portugal Feminina”

Maria Martins sprinta para a vitória em Palmela

Fonte: José Carlos GOmes

Maria Martins (Sopela Women Team) venceu hoje ao sprint a segunda prova pontuável para a Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa, disputada em Palmela. Fiona Hunter-johnston (Fusion Velo Performance) subiu ao comando da geral.

Os 77,4 quilómetros da corrida de elite decidiram-se ao sprint. Maria Martins, sub-23 de primeiro ano, mostrou os dotes para provas em que a boa ponta final é determinante. A corredora ribatejana concluiu a corrida com 1h13m56s, o mesmo tempo da britânica Fiona Hunter-johnston. A terceira classificada foi outra ciclista da formação inglesa, Jennifer Holden, que gastou mais 2 segundos.

Ao fim de duas corridas disputadas, a Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa é dominada pelas ciclistas da Fusin Velon Performance. Fiona Hunter-jhonston está na dianteira, com 70 pontos, mais cinco do que Emily Meakin. A terceira é Maria Martins, a dez pontos da liderança.

As juniores completaram 62,6 quilómetros. Nádia Henrique (Matos Cheirinhos/Vila Galé/Etopi) foi a mais forte, cortando a meta isolada. A segunda foi Joana Pereira (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ), a 3m17s. No terceiro posto, a 3m28s, colocou-se Joana Vinagre (Bairrada), que segurou o primeiro lugar na Taça.

Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ), que partiu para a etapa de Palmela na frente da classificação de cadetes, reforçou a liderança com nova vitória em solitário. A algarvia completou os 46,8 quilómetros em 1h17m41s. A segunda classificada foi Beatriz Pereira (Bairrada), a 8m39s, e a terceira foi Rafaela Ramalho (Maiatos/Reabnorte), a 8m58s.

Nas duas categorias de masters impuseram-se Rita Reis (Mato Cheirinhos/Vila Galé/Etopi), em masters 30, e Ana Neves (Bike & Nutrition Shop), em masters 40. Rita Reis cimentou o comando na geral da Taça. Em masters 40 o primeiro lugar continua entregue Nathalie Duellmann (ADECT/Garrafeira Soares), terceira em Palmela.

Fonte: FPC

“MULHERES NA COMPETIOÇÃO: DANIELA REIS TERMINA NA 47.ª POSIÇÃO A GENT WEVELGEM”

Italiana Marta Bastianelli venceu a prova

Por: Lusa

A ciclista portuguesa Daniela Reis (Doltcini-Van Eyck Sport) terminou este domingo na 47.ª posição da clássica Gent Wevelgem, na zona das Flandres, na Bélgica, prova que foi ganha pela italiana Marta Bastianelli (Alé Cipollini).

A única ciclista portuguesa numa equipa do primeiro escalão mundial gastou mais 1.48 minutos do que Bastianelli, que demorou 3:41.00 horas para cumprir os 142,6 quilómetros.

A italiana superiorizou-se no sprint final, disputado por um grupo de 22 ciclistas, batendo a belga Jolien D'Hoore (Mitchelton-Scott) e a alemã Lisa Klein (Canyon SRAM Racing).

Fonte: Record on-line

sábado, 24 de março de 2018

“Mulheres na competição: Taça de Portugal Feminina/Emily Meakin vence em Albufeira”

Fonte: José Carlos Gomes

A equipa britânica Fusion Velo Performance dominou a primeira prova da Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa, conseguindo as três primeiras posições na corrida de elite, disputada na manhã deste sábado, em Albufeira. Emily Meakin foi a mais forte.

Os 87 quilómetros da prova de elite assistiram ao domínio absoluto das corredoras britânicas, mas houve uma delas que foi claramente a mais forte. Emily Meakin cortou a meta ao fim de 2h14m10s, deixando duas colegas de equipa, Fiona Hunter-johnston e Jennifer Holden, a 2m36s. A melhor portuguesa, na quarta posição, a 3m37s, foi Soraia Silva (Sopela Women Team).

A corrida de juniores também teve uma vencedora isolada. Joana Vinagre concluiu os 70 quilómetros em 1h57m39s, menos 1m27s do que a rival mais direta, Joana Pereira (5Quinas/Município de Albufeira/CADSJ). A terceira classificada, a 7m23s, foi Mariana Almeida (Vito/Feirense/BlackJack).

Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CADSJ) dominou hegemonicamente os 53 quilómetros da prova de cadetes, que terminou em 1h25m30s. No segundo lugar colocou-se Beatriz Pereira (Bairrada), a 4m00s, enquanto Rafaela Ramalho (Maiatos/Reabnorte) fechou o pódio, a 5m35s.

As masters também cumpriram 53 quilómetros, com Rita Reis (Mato Cheirinhos/Vila Galé/Etopi) a destacar-se da concorrência em master 30. Nathalie Duelmann (ADECT/Garrafeira Gomes) Foi a melhor master 40.

A equipa da casa, 5Quinas/Município de Albufeira/CADSJ, venceu coletivamente.

A segunda prova da Taça de Portugal Feminina corre-se já neste domingo, em Palmela, às 11h00.

Fonte: FPC

“MULHERES NA COMPETIÇÃO: MELANIE SANTOS SEGUNDA NA TAÇA DA EUROPA DE QUARTEIRA”

Vitória da suíça Julie Derron

Por: Ana Paula Marques

Melanie Santos (2:07:58) foi esta tarde segunda classificada em elites na Taça da Europa de Quarteira, discutindo o triunfo taco a taco com a suíça Julie Derron (2:07:56). O pódio ficou completo com a francesa Sandra Dodet (2:08:00).

Houve ainda mais uma portuguesa no top 15, Madalena Almeida em 14.º (2:10:27), sendo que Andreia Ferrum foi 19.ª (2:11:35), Helena Carvalho 20.ª (2:12:01), Liliana Alexandre 23.ª (2:15:48), Ana Ramos 28.ª (2:18:45) e Raquel Rocha 29.ª (2:18:48).

Fonte: Record on-line

segunda-feira, 19 de março de 2018

“Mulheres na Competição/As vencedoras femininas do Duatlo de Grândola”

O pódio feminino deste contrarrelógio

Foi Katarina Larsson, do Sporting Clube de Portugal, que venceu esta competição com o tempo de 01:03:49. «Gostei muito de participar nesta prova», conta-nos Katarina, que competiu pela primeira vez num duatlo  de contrarrelógio. «O feedback é positivo, dei o melhor na bicicleta que é o meu forte e acabou por correr muito bem, apesar ter caído no parque de transição porque travei a fundo. A queda não teve consequências, levantei-me logo e segui!» A atleta do Sporting mostrou-se duplamente satisfeita pelo seu desempenho, «até porque esta é a sua primeira prova desde que se lesionou».
«O piso estava seco, mesmo no empedrado, e gostei muito formato de prova, não sabia se estava em primeiro ou segundo, é extremamente desafiante», explica Katarina. De lembrar que a vencedora do Duatlo de Grândola, entre outros títulos nacionais, foi campeã da europa da distância sprint do seu grupo de idade em 2016 no campeonato da Europa em Lisboa e venceu o Triatlo Longo de Cascais no mesmo ano.
Na segunda posição ficou Liliana Veríssimo, do Núcleo do Sporting da Golegã, com o tempo de 01:03:51, a apenas 2’’ do primeiro lugar, seguindo-se de Pauline Vie, do Alhandra Sporting Club, que terminou a prova em 01:05:44.

 

domingo, 18 de março de 2018

“MULHERES NA COMPETIÇÂO/DANIELA REIS EM 26.º NO TROFÉU ALFREDO BINDA”

A prova foi ganha pela polaca Katarzyna Niewiadoma

Por: Lusa

A ciclista portuguesa Daniela Reis (Doltcini -- Van Eyck Sport) terminou este domingo o Troféu Alfredo Binda em 26.º lugar, numa prova ganha pela polaca Katarzyna Niewiadoma (Canyon SRAM Racing).

A polaca, de 24 anos, cumpriu os 131,3 quilómetros entre Taino e Cittiglio em 3:32.53 horas, à frente das holandesas Chantal Blaak (Boels-Dolmans Cycling Team), campeã do mundo, e Marianne Vos (Waowdeals Pro Cycling), que chegaram a 23 segundos da vencedora.

Daniela Reis correu a primeira prova WorldTour do ano e terminou a 59 segundos de Niewiadoma, no 26.º posto, com o mesmo tempo da chefe de fila da equipa, a belga Sofie de Vuyst, que terminou em 16.º.

Fonte: Record on-line

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

“Mulheres na competição/Boas recordações”

Tive o prazer de partilhar a estrada com estas quatro corredoras

Por: Isabel Marisa Caetano (texto e fotos)

Há 22 anos quando comecei neste desporto totalmente praticado por Homens excepto a Equipa Tensai Santa Marta que tinha a equipa Feminina sendo a mesma a fazer-me sonhar com o futuro na modalidade.

Passados tantos anos tudo evoluiu desde um maior número de Femininas federadas, como muitas Mulheres andar de bicicleta, e também algumas já mães e continuarem a prática da competição de ciclismo o que era impensável há muitos anos atrás.

As corredoras abaixo são exemplo de como o Mundo e as mentalidades mudaram para mim não só estás corredores mas também de outras modalidades são um exemplo como Sara Moreira, Jessica Augusto etc.

Leire Olaberría de 40 anos Campeã Olímpica de Pista em 2008 após ser mãe sagrou se campeã de Espanha https://static.xx.fbcdn.net/images/emoji.php/v9/f34/1/16/1f1ea_1f1f8.png🇪🇸 nesta vertente.

Christel Ferrier-Bruneau de 38 anos Campeã de França https://static.xx.fbcdn.net/images/emoji.php/v9/f74/1/16/1f1eb_1f1f7.png🇫🇷 de estrada em 2009 e 2011 após ser mãe sagrou se campeã do Canadá https://static.xx.fbcdn.net/images/emoji.php/v9/faa/1/16/1f1e8_1f1e6.png🇨🇦 de cyclocross País de origem.

Kristin Armstrong Norte Americana de 44 anos Bi Campeã do Olímpica de contra relógio após ser mãe revalidou este o título novamente.

Irina Coelho Portuguesa de 37 anos minha amiga, adversária, colega de Seleção com muitos títulos Nacionais mãe da Barbara e Duarte e ainda hoje mantém uma energia e força incrível para continuar a paladar e correr para somar mais vitórias no seu Palmares.

 

domingo, 11 de fevereiro de 2018

“Mulheres na competição/MELANIE OITAVA E VANESSA 17.ª NA CIDADE DO CABO”

Melanie Santos, em oitavo, e Vanessa Fernandes, em 17.º, começaram de forma positiva a temporada de 2018, que aconteceu na Taça do Mundo na Cidade do Cabo, na África do Sul. Também Gabriela Ribeiro, ainda júnior, deixou boas indicações, ao ser 21.ª. A prova foi ganha pela britânica Vicky Holland.

Fonte: Record on-line

domingo, 4 de fevereiro de 2018

“Mulheres a pedalar ao longo dos tempos…”

Por: José Morais

Fotos. Pesquisa Google

Para quem pensa que só há muitos pouco anos, a mulher começou a pedalar e a andar de bicicleta, se desengane, foi pesquisar, e encontramos algumas fotos bem antigas, de que já há muitos anos a mulher anda de bicicleta, e não com as roupas atualmente citadinas, ou próprias para andar de bicicleta, mas sim com as roupas tradicionais de época, já que mesmo de vestido comprido, o mesmo não impedia de andar de bicicleta, deliciem-se.
 
Clique para aumentar as fotos













 

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

“O sexo feminino no cicloturismo…“Primeiro Passeio do Ano.2018”

Momentos do evento do “Primeiro Passeio do Ano.2018”

Texto: José Morais

Fotos: Arquivo Notícias do pedal

Iniciamos o ano a apresentar as presenças femininas nos passeios de bicicleta, desta vez, no “Primeiro Passeio do Ano.2018” realizado no domingo 7 de janeiro em Lisboa.

Umas pousaram para a nossa objetiva, outras, a nossa objetiva captou-as, e as fotos aqui ficam, em especial hoje, muitas das fotos do sexo feminino estão muitas vezes junto ao sexo masculino, mas desta vez o enquadramento justificou, e também é importante mostrar não só as que pedalam, mas também aquelas que acompanham e apoiam.

Sendo este espaço dedicado especialmente e apenas ao sexo feminino, não serve só para apresentar as fotos por nós capturadas, mas também de todas ou todos, mais uma vez apelamos a todas ou todos que nos queiram enviar fotos, relatos, ou tudo aquilo que tem a ver com a bicicleta no sexo feminino, por isso, força, enviem, cá esperamos esses bons momentos.

Podem enviar para o nosso e-mail: noticiasdopedal@gmail.com    


Ainda podem visualizar o vídeo deste passeio nos nossos canais de televisão, para que possui MEO, posição 531450, quem não possuir pode ver no YouTube em: https://www.youtube.com/watch?v=nlhofAd5Asc  

Boas pedaladas.

Clique para ampliar as fotos:
Encontre o sexo feminino nas fotos, e se tiver fotos deste passeio envie e divulgue