sábado, 6 de maio de 2017

“Mulheres na competição…”

Taça de Portugal Feminina”

Maaris Meier vence e passa para a frente da geral

A estoniana Maaris Meier (Maiatos/Reabnorte) ganhou hoje, em Torres Vedras, a quarta etapa da Taça de Portugal Feminina, assumindo o comando da classificação geral na categoria de elite.

A corrida de 61,2 quilómetros decidiu-se ao sprint, com onze corredoras a serem creditadas com o mesmo tempo, 1h45m24s. Maaris Meier foi a mais rápida, relegando a campeã portuguesa, Daniela Reis (Lares-Waordeals), para o segundo lugar e Soraia Silva (Bairrada) para a terceira posição.

A vitória no circuito torriense permitiu a Maaris Meier a subida ao topo da geral da Taça. Soma agora 115 pontos, mais três do que a anterior comandante, a britânica Fiona Hunter-Johnston (Fusion Fierlan RT), que hoje não foi além do nono posto. A terceira na geral é Irina Coelho (5Quinas/Município de Albufeira).

A Taça de Portugal Feminina termina no próximo dia 27, em Viseu. Tendo em conta os pontos ainda em disputa, qualquer uma das três primeiras classificadas pode aspirar ao troféu final, esperando-se, por isso, um desfecho de competição emocionante.

Maria Martins concluiu a corrida júnior, que teve 45,9 quilómetros, em 1h17m07s, menos 6 segundos do que a rival mais direta, Marta Branco (Maiatos/Reabnorte), e menos 8 segundos do que a terceira classificada, Diana Fortes (Alcobaça CC/Crédito Agrícola). Nas juniores a geral também está ao rubro. Marta Branco segue na frente, mas tem Maria Martins apenas a 5 pontos. A terceira, já sem possibilidade de conquistar o troféu, é Diana Fortes.

 Em cadetes, a Taça de Portugal tem vindo a desenrolar-se numa espécie de pim-pam-pum entre Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira) e Joana Pereira (5Quinas/Município de Albufeira). Hoje foi a vez de Joana Pereira triunfar. As duas corredoras somam dois sucessos cada, o que equivale a dizer que estão empatadas na geral da Taça, com 170 pontos.

A única categoria em que a Taça de Portugal está entregue é a de masters. Elisete Sousa (5Quinas/Município de Albufeira) foi a melhor em Torres Vedras e tem o troféu matematicamente assegurado.

A formação Maiatos/Reabnorte foi a mais consistente em Torres Vedras, mas as algarvias 5Quinas/Município de Albufeira seguraram o comando por equipas.

Fonte: FPC

Sem comentários:

Enviar um comentário